Brasil

CCJ da Câmara aprova parecer que torna crime de estupro imprescritível

Comissão especial vai analisar a proposta antes de ir a plenário

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Agência Brasil

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou a admissibilidade da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 353/17, que torna o crime de estupro imprescritível.

A proposta altera a Constituição para tratar o estupro, junto com o racismo, como crime “inafiançável e imprescritível”, o que significa que o crime poderá ser punido mesmo após muitos anos de cometido.

Atualmente, o tempo de prescrição para o crime de estupro varia de acordo com o tempo da pena, que é diferente em cada caso. Esse tempo de prescrição pode se estender a até 20 anos. Para estupro de vulnerável, a contagem só começa após a vítima completar 18 anos.

A PEC, já aprovada pelo Senado em 2017, é de autoria do ex-senador Jorge Viana (AC). O relator na CCJ, deputado Léo Moraes (PODE-RO), apresentou parecer favorável.

“Temos 60 mil crimes de estupro que são constatados, materializados, e milhares que estão velados, justamente pela falta da denúncia. De repente, pelo tempo que não é hábil para a pessoa, muitas vezes a mulher, tirar as amarras, ter um preparo emocional, um equilíbrio suficiente para isso [a denúncia]. Conversamos com muitos conselhos tutelares, psicólogos, assistentes sociais, que entendem a necessidade de aprovação desse projeto”, argumentou o relator.

Léo Moraes recomendou a aprovação de duas propostas que tramitam em conjunto com a do Senado, a PEC 320/17 e PEC 342/17, que preveem a imprescritibilidade do crime de estupro. Elas agora terão o mérito analisado em uma comissão especial a ser criada. O texto aprovado na comissão especial será apreciado posteriormente no plenário da Câmara.



Receba nossas principais notícias em seu celular
Participe dos nossos Grupos Oficiais


GRUPO DO WHATSAPP GRUPO DO FACEBOOK

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidos pelo whatsapp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Leia Também

Mais 554,5 mil vacinas contra a Covid-19 chegam ao Paraná; maioria é para dose de reforço

Paraná

Mais 554,5 mil vacinas contra a Covid-19 chegam ao Paraná; maioria é para dose de reforço

22/10/2021 – 18:13:55 Com informações de AEN e revisão de redação A Sesa (Secretaria de Estado da Saúde)...

Com votação marcada para terça, relatório da CPI ainda pode receber alterações

Brasil

Com votação marcada para terça, relatório da CPI ainda pode receber alterações

22/10/2021 – 15:11:29 Com informações de Agência Senado e revisão de redação Prevista para 26 de outubro, a...

“O tempo deu razão a Lula”, afirma editorial do espanhol El País

Brasil

“O tempo deu razão a Lula”, afirma editorial do espanhol El País

22/10/2021 – 11:12:39 Com informações de PT na Câmara e revisão de redação Em editorial publicado nesta...

Senadores voltam a defender derrubada do veto à distribuição de absorventes

Brasil

Senadores voltam a defender derrubada do veto à distribuição de absorventes

22/10/2021 – 08:26:19 Com informações de Agência Senado e revisão de redação A líder da Bancada Feminina,...

Guarapuava vacina adolescentes sem comorbidades nesta sexta-feira (22)

Guarapuava

Guarapuava vacina adolescentes sem comorbidades nesta sexta-feira (22)

22/10/2021 – 08:14:08 Redação Desde às 8h desta sexta-feira (22), a Campanha Guarapuava Imunizada está...

Preço dos combustíveis: governadores pedem o fim da dolarização

Brasil

Preço dos combustíveis: governadores pedem o fim da dolarização

21/10/2021 – 16:43:45 Com informações de PT na Câmara e revisão de redação Nesta quinta-feira (21), o...