Brasil

Com acordo, Congresso aprova mais de R$ 2,5 bilhões em créditos suplementares

Maior polêmica na sessão, cancelamento de recursos do Ministério da Educação só foi possível pela promessa do governo de que o setor receberia dinheiro recuperado por ações contra a corrupção

Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

Agência Senado

Após negociações que incluíram a alteração de fontes de recursos a serem cancelados, 13 projetos de lei do Congresso Nacional (PLNs) foram aprovados nesta quarta-feira (23). Eles alteram o Orçamento de 2019 (Lei 13.808/2019). Foram mais de R$ 2,569 bilhões cancelados e redistribuídos.

Com o acordo entre as lideranças do governo e da oposição, foram colocados para votação em bloco 13 créditos especiais e suplementares. Houve grande debate sobre alguns dos PLNs, que cancelavam recursos do Ministério da Educação, redestinando-os a outras áreas.

— Após uma série de perdas impostas aos trabalhadores com a aprovação da PEC da reforma da Previdência, não concordamos com ainda penalizar a Educação com cortes para que sejam destinados a outras áreas — disse o líder do PT na Câmara, deputado Bohn Gass (RS).

Para efetivar a aprovação do PLN 38/2019, que cancelava R$ 230 milhões do orçamento do Ministério da Educação (MEC), a relatora do PLN 41/2019, senadora Soraya Thronicke (PLS-MS) incluiu um dispositivo que destinou mais de R$ 1 bilhão ao MEC.

— Trata-se de um Adendo de Plenário, em que se garante que os recursos oriundos de leis ou acordos anticorrupção [no caso, dinheiro recuperado pela Operação Lava Jato] sejam alocados na chamada “Fonte 21”. Desta maneira, o Ministério da Educação não será prejudicado — garantiu.



Receba nossas principais notícias em seu celular
Participe dos nossos Grupos Oficiais


GRUPO DO WHATSAPP GRUPO DO FACEBOOK

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidos pelo whatsapp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Leia Também

Bolsonaro deixa dívida de R$ 500 bilhões para consumidor pagar na energia elétrica

Brasil

Bolsonaro deixa dívida de R$ 500 bilhões para consumidor pagar na energia elétrica

08/12/2022 – 17:49:25 Com informações de Agência Brasil e revisão de redação A conta dos consumidores de...

Pendurados: Ex-vereadores ocupam cargos na gestão Góes

Guarapuava

Pendurados: Ex-vereadores ocupam cargos na gestão Góes

08/12/2022 – 15:32:10 Redação O número de ex-vereadores que ocupam cargos em comissão dentro da Prefeitura de...

Participação de jovens de 16 e 17 anos nas eleições cresceu 52% entre 2018 e 2022

Brasil

Participação de jovens de 16 e 17 anos nas eleições cresceu 52% entre 2018 e 2022

08/12/2022 – 14:05:53 Com informações de TSE e revisão de redação Após o excelente resultado...

PL de Prof.ª Bia pede informações públicas de fácil entendimento para população

Guarapuava

PL de Prof.ª Bia pede informações públicas de fácil entendimento para população

08/12/2022 – 11:37:31 Redação Procurar informações no site ou nas redes sociais da Prefeitura Municipal nem...

Sob intenso debate, PEC da Transição é aprovada no Senado

Brasil

Sob intenso debate, PEC da Transição é aprovada no Senado

08/12/2022 – 07:28:05 Com informações de Agência Senado e revisão de redação O Plenário do Senado aprovou...

SETRAN alerta sobre bloqueio em algumas ruas devido à apresentação do Coral dos Anjos

Guarapuava

SETRAN alerta sobre bloqueio em algumas ruas devido à apresentação do Coral dos Anjos

07/12/2022 – 19:06:46 Com informações de Secom Prefeitura de Guarapuava e revisão de redação Nesta...