Brasil

Para Lira, mudanças no Conselho do Ministério Público representam fim da impunidade

O texto pode ir a Plenário ainda nesta quarta-feira (13)

Foto: Divulgação MPPR

13/10/2021 – 10:52:46

Com informações de Agência Câmara de Notícias e revisão de redação

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), afirmou que a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 5/21, que muda a composição do CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público), se for aprovada, pode representar “o fim da impunidade em um órgão muito forte”.

Segundo ele, a proposta é polêmica e há muitas versões criadas por integrantes do Ministério Público. Lira disse que um dos objetivos da PEC é fazer com que a sociedade civil tenha maior participação no CNMP, pois ele não tem funcionado para punir seus membros. O texto pode ir a Plenário ainda nesta quarta-feira (13). As afirmações foram feitas em entrevista à Rádio CNN.

“São questões que serão decididas com transparência, mas sem versões, não é a PEC do ministro Gilmar Mendes, mas pode ser a PEC do fim da impunidade de um órgão muito forte. Hoje, nenhum membro do MP responde contra improbidade. É importante um conselho forte, com presença, para que tenhamos transparência”, disse Lira.

De acordo com o parecer preliminar do relator da PEC, deputado Paulo Magalhães (PSD-BA), o CNMP passa de 14 para 15 membros, dos quais 4 indicados ou eleitos pelo Legislativo.

O mandato continua a ser de dois anos, sendo permitida uma recondução, e o candidato precisa passar por sabatina no Senado Federal. A presidência do conselho permanece com o procurador-geral da República.

A PEC também atribui a corregedoria ao vice-presidente e determina o envio de projeto ao Congresso instituindo um código de ética para o Ministério Público.



Receba nossas principais notícias em seu celular
Participe dos nossos Grupos Oficiais


GRUPO DO WHATSAPP GRUPO DO FACEBOOK

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidos pelo whatsapp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Leia Também

Mais 554,5 mil vacinas contra a Covid-19 chegam ao Paraná; maioria é para dose de reforço

Paraná

Mais 554,5 mil vacinas contra a Covid-19 chegam ao Paraná; maioria é para dose de reforço

22/10/2021 – 18:13:55 Com informações de AEN e revisão de redação A Sesa (Secretaria de Estado da Saúde)...

Com votação marcada para terça, relatório da CPI ainda pode receber alterações

Brasil

Com votação marcada para terça, relatório da CPI ainda pode receber alterações

22/10/2021 – 15:11:29 Com informações de Agência Senado e revisão de redação Prevista para 26 de outubro, a...

“O tempo deu razão a Lula”, afirma editorial do espanhol El País

Brasil

“O tempo deu razão a Lula”, afirma editorial do espanhol El País

22/10/2021 – 11:12:39 Com informações de PT na Câmara e revisão de redação Em editorial publicado nesta...

Senadores voltam a defender derrubada do veto à distribuição de absorventes

Brasil

Senadores voltam a defender derrubada do veto à distribuição de absorventes

22/10/2021 – 08:26:19 Com informações de Agência Senado e revisão de redação A líder da Bancada Feminina,...

Guarapuava vacina adolescentes sem comorbidades nesta sexta-feira (22)

Guarapuava

Guarapuava vacina adolescentes sem comorbidades nesta sexta-feira (22)

22/10/2021 – 08:14:08 Redação Desde às 8h desta sexta-feira (22), a Campanha Guarapuava Imunizada está...

Preço dos combustíveis: governadores pedem o fim da dolarização

Brasil

Preço dos combustíveis: governadores pedem o fim da dolarização

21/10/2021 – 16:43:45 Com informações de PT na Câmara e revisão de redação Nesta quinta-feira (21), o...