Brasil

Projeto obriga envio diário à Câmara e ao Senado de dados oficiais sobre a Covid-19

União, estados, municípios e o DF deverão encaminhar diariamente, até as 17 horas, informações sobre o número de pessoas infectadas, recuperadas, em tratamento e que morreram em razão da Covid-19 no Brasil. Dados serão publicados às 19 horas

André Figueiredo: objetivo é garantir ao Legislativo acesso a informações essenciais sobre a evolução da Covid-19. Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

08/06/2020 – 15:53:27

Agência Câmara de Notícias

O Projeto de Lei 3161/20 obriga União, estados, municípios e o Distrito Federal a encaminharem às Mesas Diretoras da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, diariamente até as 17 horas, informações sobre o número de pessoas infectadas, recuperadas, em tratamento e que morreram em razão da Covid-19 no Brasil. Os dados fornecidos serão disponibilizados até as 19 horas nos sites oficiais das duas casas do Congresso Nacional.

“O objetivo é garantir ao Poder Legislativo federal acesso a informações essenciais sobre a evolução da Covid-19 no País”, afirma o autor da proposta, deputado Andre Figueiredo (PDT-CE), líder da Oposição na Câmara dos Deputados.

Segundo Figueiredo, a medida se justifica em razão de mudanças recentes na forma de apresentação dos dados sobre a doença pelo Ministério da Saúde. Desde o dia 6 de junho, o site oficial do ministério deixou de apresentar dados acumulados sobre infectados e mortos pela Covid-19 no Brasil, exibindo apenas os resultados das últimas 24 horas.

De acordo com o projeto, órgãos e entidades da administração pública ficam obrigados a encaminhar às duas casas do Congresso também informações sobre a taxa de letalidade e os coeficientes de incidência e de morte por 100 mil habitantes da doença. Dados dos municípios deverão ser consolidados pelas secretarias estaduais de saúde antes de serem enviados.

Atualmente, a Lei Nacional da Quarentena (Lei 13.979/20), que é alterada pelo projeto, já obriga a administração pública a compartilhar dados essenciais para a identificação de pessoas infectadas ou com suspeita de contaminação pelo novo coronavírus. O texto atual da lei, entretanto, não exige a publicação do número de mortos pela doença, obrigando o Ministério da Saúde a manter apenas dados públicos e atualizados sobre casos confirmados, suspeitos e em investigação.

Figueiredo, juntamente com deputados e senadores de oposição, anunciou ainda a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a atuação do Ministério da Saúde. O grupo de parlamentares deverá ainda acionar o Supremo Tribunal Federal (STF) para garantir transparência na divulgação dos dados oficiais sobre os efeitos da pandemia no Brasil.



Receba nossas principais notícias em seu celular
Participe dos nossos Grupos Oficiais


GRUPO DO WHATSAPP GRUPO DO FACEBOOK

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidos pelo whatsapp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Leia Também

Anvisa autoriza fabricação de novo medicamento à base de cannabis

Brasil

Anvisa autoriza fabricação de novo medicamento à base de cannabis

28/11/2022 – 19:22:40 Com informações de Agência Brasil e revisão de redação A Anvisa (Agência Nacional de...

Terminal do Trevo é colocado à venda em Guarapuava

Guarapuava

Terminal do Trevo é colocado à venda em Guarapuava

28/11/2022 – 16:45:03 Redação Após ficar algum tempo fechado, e com aspecto abandonado, o Terminal do Trevo de...

Governo Estadual propõe privatização de três hospitais públicos

Paraná

Governo Estadual propõe privatização de três hospitais públicos

28/11/2022 – 13:04:01 Com informações de assessoria e revisão de redação Os hospitais públicos do Paraná...

Tragédia em Aracruz: Senadores prestam solidariedade, exigem apuração e alertam para liberação de armas

Brasil

Tragédia em Aracruz: Senadores prestam solidariedade, exigem apuração e alertam para liberação de armas

28/11/2022 – 08:44:44 Com informações de Agência PT e revisão de redação Atentados nesta sexta-feira (25)...

Marcelo Castro quer votação da PEC da Transição até 10 de dezembro

Brasil

Marcelo Castro quer votação da PEC da Transição até 10 de dezembro

28/11/2022 – 08:18:30 Com informações de Agência Senado e revisão de redação Relator do Orçamento de 2023,...

Haddad diz que reforma tributária é prioridade do próximo governo

Brasil

Haddad diz que reforma tributária é prioridade do próximo governo

25/11/2022 – 18:35:46 Com informações de Agência Brasil e revisão de redação O ex-prefeito de São Paulo,...