Search
Close this search box.

Saiba mais sobre o aplicativo e-Título

Para quem já realizou o recadastramento biométrico, a versão digital do documento virá acompanhada da foto do eleitor

Imagem: TSE/Divulgação

Está disponível para download, desde dezembro de 2017, para usuários de iPhone (iOS), smartphones (Android) e tablets o aplicativo móvel e-Título. Com o documento digital, desenvolvido pela Justiça Eleitoral, é possível acessar dados da zona eleitoral e a situação cadastral do votante em tempo real.

Além disso, o e-Título também permite que o eleitor emita a certidão de quitação eleitoral e certidão de crimes eleitorais. Essas declarações são emitidas por meio do QR Code do aplicativo, que possibilita a leitura pelo próprio celular.

A Justiça Eleitoral destaca que é importante o eleitor estar com o título físico em mãos na hora de preencher os dados pessoais no App, já que essas informações devem ser idênticas às registradas no Cadastro Eleitoral. Em caso de preenchimento de alguma informação em discordância com aquela lançada no documento original, o sistema não validará o cadastro.

De acordo com a Justiça Eleitoral, para quem já realizou o recadastramento biométrico (cadastro das impressões digitais, fotografia e assinatura), a versão do e-Título virá acompanhada da foto do eleitor. No entanto, no caso de não realização do recadastramento, a versão do e-Título será baixada sem fotografia. Nesse caso, o eleitor deverá levar outro documento oficial com foto para se identificar ao mesário para votar.

Em todo o país, mais de 11 milhões de eleitores já baixaram o documento digital, segundo dados da Justiça Eleitoral. Vale destacar que o título de eleitor impresso continua existindo com a mesma validade na versão original.

O download do App é gratuito e está disponível no Google Play e na App Store.

Leia Também