Geral

Sicredi e Fundação Dom Cabral anunciam parceria para criação de Centro de Estudos de Governança em Cooperativas

Iniciativa vai contribuir para o fortalecimento do segmento de cooperativismo de crédito no Brasil, que já possui mais de 11 milhões de associados

Imagem: Ascom Sicredi

Ascom Sicredi

O Sicredi, primeira instituição financeira cooperativa do Brasil, anuncia a assinatura de um Termo de Cooperação Técnica com a Fundação Dom Cabral, reconhecida como uma das melhores escolas de negócios do mundo, para criação do Centro de Estudos FDC/SICREDI de Governança em Cooperativas. O objetivo do núcleo será desenvolver conteúdos e aplicar pesquisas que possam contribuir para o fortalecimento do cooperativismo de crédito no Brasil, um modelo de negócio que cresce continuamente e que, de acordo com o Banco Central, já soma mais de 11 milhões de adeptos no país.

A primeira ação do Centro de Estudos FDC/SICREDI será a aplicação da pesquisa Eficiência dos Conselhos de
Administração de Cooperativas de Crédito
, com a proposta de entender como a dinâmica de funcionamento dos Conselhos influencia o processo de tomada de decisão de uma cooperativa e de mapear a eficiência desses órgãos e os seus principais desafios. O estudo terá início no final de 2019, finalizando com a apresentação dos resultados no 1º Summit de Conselheiros do Sicredi, a realizar-se em 3 e 4 de junho de 2020 em Brasília.

“O cooperativismo de crédito no Brasil é um segmento muito bem estruturado e seguro, mas ainda carente de estudos e informações públicas. Acreditamos que esses dados poderão contribuir muito para a evolução de ações em áreas de governança, estratégia, inovação e compliance, por exemplo. Vemos a criação do Centro de Estudos como um passo importante para uma construção ainda maior, continuando nossa parceria com a Fundação Dom Cabral, de uma base muito valiosa para o futuro do segmento”, explica Manfred Alfonso Dasenbrock, presidente do Conselho de Administração da Sicredi Participações, da Central Sicredi PR/SP/RJ e conselheiro do Woccu, sigla em inglês para o Conselho Mundial das Cooperativas de Crédito.

Segundo Dalton Sardenberg, professor de governança e diretor do FDC Governança, “o Centro de Estudos FDC/SICREDI tem o objetivo de produzir conhecimentos relevantes que possam contribuir para o aperfeiçoamento da governança das cooperativas no Brasil e, ao mesmo tempo, ampliar o reconhecimento internacional do cooperativismo brasileiro. Por meio da realização de pesquisas aplicadas, pretende-se gerar know-how nacional para apoiar o desenvolvimento de conselheiros, diretores, associados e de todos os atores envolvidos no tema governança e, além de propor e disseminar práticas, ferramentas e processos que contribuam para o avanço dos sistemas cooperativos.”

A estrutura do Centro de Estudos conta com um Comitê de Apoio, formado por representantes de cada uma das Centrais regionais do Sicredi, além de suporte do Centro Administrativo Sicredi. Por parte da Fundação Dom Cabral, o grupo é formado por três professores pesquisadores e dois especialistas em coleta, análise e manutenção de dados, além de equipe na HEC Montreal, universidade canadense de renome mundial, que aporta tecnologia e conhecimento aprofundado sobre o tema, pois já realizou pesquisa semelhante no sistema canadense de cooperativas de crédito Desjardins.

Sobre o Sicredi
O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento dos seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. O modelo de gestão do Sicredi valoriza a participação dos mais de 4 milhões de associados, os quais exercem papel de donos do negócio. Com presença nacional, o Sicredi está em 22 estados* e no Distrito Federal, com mais de 1.700 agências, e oferece mais de 300 produtos e serviços financeiros.

*Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.
Facebook | Twitter | LinkedIn | YouTube |Instagram

Sobre a FDC
A Fundação Dom Cabral é uma escola de negócios brasileira que há mais de 40 anos tem a missão de contribuir para o desenvolvimento sustentável da sociedade, por meio da educação, capacitação e desenvolvimento de executivos, empresários e gestores públicos. Somente em 2018 passaram pela FDC cerca de 30 mil profissionais entre executivos, empresários e gestores públicos.

No campo social, a FDC desenvolve iniciativas de desenvolvimento, capacitação e consolidação de projetos, líderes e organizações sociais, contribuindo para o fortalecimento e o alcance dos resultados pretendidos por essas entidades.



Receba nossas principais notícias em seu celular
Participe dos nossos Grupos Oficiais


GRUPO DO WHATSAPP GRUPO DO FACEBOOK

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidos pelo whatsapp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Leia Também

Transição vê indícios de crime eleitoral de Bolsonaro por uso ilegal do CadÚnico

Brasil

Transição vê indícios de crime eleitoral de Bolsonaro por uso ilegal do CadÚnico

02/12/2022 – 13:16:16 Com informações de Agência PT e revisão de redação O Grupo de Trabalho de...

MPPR denuncia autores de assalto a transportadora em Guarapuava

Guarapuava

MPPR denuncia autores de assalto a transportadora em Guarapuava

02/12/2022 – 13:11:16 Com informações de MPPR e revisão de redação O MPPR (Ministério Público do Paraná),...

Dança das cadeiras: Celso Góes faz alteração no primeiro escalão do governo

Guarapuava

Dança das cadeiras: Celso Góes faz alteração no primeiro escalão do governo

02/12/2022 – 13:08:16 Blog do Observador O Prefeito de Guarapuava, Celso Góes (Cidadania) resolveu fechar o mês...

João Napoleão deixa legado com oito anos na presidência da Câmara Municipal

Guarapuava

João Napoleão deixa legado com oito anos na presidência da Câmara Municipal

02/12/2022 – 11:42:04 Redação No fim deste mês, o presidente da Câmara Municipal, João Napoleão (PODE) se...

Afastado e denunciado pelo MPPR, Sidão Oreiko continua na folha de pagamento da Câmara Municipal

Guarapuava

Afastado e denunciado pelo MPPR, Sidão Oreiko continua na folha de pagamento da Câmara Municipal

02/12/2022 – 08:38:38 Redação Mesmo estando afastado de suas atividades na Câmara Municipal desde o início de...

Transição diz que 50% das obras de saneamento estão paradas

Brasil

Transição diz que 50% das obras de saneamento estão paradas

01/12/2022 – 18:39:19 Com informações de Agência Brasil e revisão de redação O senador Randolfe Rodrigues...