Guarapuava

Após demanda da população, bancada feminina pede informações sobre pandemia em Guarapuava

Ofício foi encabeçado pela vereadora Prof.ª Bia e recebeu o apoio das vereadoras Bruna Spitzner, Cris Wainer e Professora Terezinha

Foto: Divulgação/Ascom Câmara de Guarapuava

13/01/2022 – 10:51:42

Redação

Pensando em atender as demandas levantadas pela população em relação ao atual cenário da pandemia de coronavírus em Guarapuava, a bancada feminina na Câmara Municipal protocolou, nesta quarta-feira (12), o Ofício 1/2022. Encabeçado pela vereadora Prof.ª Bia (MDB), o documento também foi assinado pelas vereadoras Bruna Spitzner (PODE), Cris Wainer (PT) e Professora Terezinha (PT), todas integrantes da pequena bancada feminina na Casa de Leis.

“Esse ofício surgiu em virtude dos vários pedidos que alguns vereadores, incluindo eu e as demais vereadoras da bancada feminina, estamos recebendo nos últimos dias. São várias as postagens nas redes sociais em que somos marcadas. Em conversa com as vereadoras, fiz o convite para que assinássemos juntas esse ofício, solicitando algumas informações – que são até simples, mas que o povo está pedindo. Como sempre defendi que o legislador deve ser a ponte entre o povo e o Poder Executivo, decidimos apresentar este documento para o prefeito Celso Góes”, explicou Prof.ª Bia.

O ofício levanta cinco questionamentos, colocados pela população, para compreender a real situação do cenário epidemiológico do município frente a nova onda crescente de casos de Covid-19. O documento questiona: 1. Número de linhas disponíveis, número de atendentes e tempo médio de espera no serviço do Call Center da Covid-19 em Guarapuava; 2. O quadro de profissionais em serviço é o suficiente para atender a demanda? Há necessidade de chamamento de aprovados no Processo de Seleção Simplificado?; 3. Número de leitos (SUS) ocupados e disponíveis nas enfermarias e Unidades de Terapia Intensiva para atendimento de Covid-19 nos hospitais Santa Tereza, São Vicente e Regional; 4. Mapeamento da Covid-19 em Guarapuava: locais da cidade com maior incidência de contaminados; 5. Nos casos de internamento, quantos são pacientes de Guarapuava e quantos são de município da Região.

“Assinamos conjuntamente o ofício porque entendemos que quanto mais informações pra população melhor. Ainda existem muitas dúvidas por parte da quantidade de profissionais, o que está acontecendo, demandas que ocorrem em todas as unidades, por isso, quanto mais informação, e informação correta, melhor para a população. Pedimos que o município responda alguns questionamentos sobre demanda, atendimento, quantidades de doses da vacina liberadas por unidade para que a população consiga acessar de forma mais rápida e ágil o serviço, e todas/os sejam atendidos/as dentro de um processo de qualidade, que é o que defendemos na saúde pública”, pontuou a vereadora Cris Wainer.

Sua colega na bancada petista, a vereadora Professora Terezinha, enfatizou que é necessário muito cuidado neste momento, principalmente para que a situação não saia de controle. É importante destacar que desde o início da pandemia no município, quando ainda era uma, das duas vereadoras na Casa, Professora Terezinha vem fazendo pedidos de informações semelhantes para levar respostas à comunidade.

“Desde o início da pandemia meu mandato procurou acompanhar, de forma muito efetiva, as medidas para evitar a contaminação da população. Sempre estivemos acompanhando porque entendemos a gravidade desta pandemia para a vida de todas as pessoas e também entendemos que é hora do Poder Público se colocar com todas as forças para socorrer a população que precisa de atendimento. Neste momento, com esta nova onda, que embora se diga e, de fato, com a vacina, os casos estão sendo mais leves, não é possível deixar como se fosse algo para não se preocupar. As pessoas que tem comorbidades podem ter casos graves sim neste período, mesmo vacinadas. Então o atendimento precisa ser urgente, os casos precisam ser monitorados, os testes precisam ser feitos com a maior urgência”, explicou Professora Terezinha.

Por fim, Prof.ª Bia destacou que é dever das vereadoras e vereadores, que são os representantes da população, buscar respostas para os questionamentos da comunidade, principalmente durante este período, onde o município apresenta o maior número de casos ativos desde o início dos contágios.

“Para muitos pode ser uma questão polêmica, mas eu não vejo dessa forma. Acredito que todas as vereadoras e os vereadores, assim como o secretário e o prefeito estão preocupados com a questão, então é apenas um pedido de informações, nada para criar confusão ou algo do gênero, queremos apenas responder as pessoas que nos procuram”, disse Prof.ª Bia.



Receba nossas principais notícias em seu celular
Participe dos nossos Grupos Oficiais


GRUPO DO WHATSAPP GRUPO DO FACEBOOK

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidos pelo whatsapp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Leia Também

Saúde reativa quase 500 leitos para pacientes com Covid-19 e H3N2 no Paraná

Paraná

Saúde reativa quase 500 leitos para pacientes com Covid-19 e H3N2 no Paraná

21/01/2022 – 18:35:20 Com informações de AEN e revisão de redação A Sesa (Secretaria Estadual da Saúde)...

CoronaVac é incluída no plano de vacinação para crianças

Brasil

CoronaVac é incluída no plano de vacinação para crianças

21/01/2022 – 15:38:32 Com informações de Agência Brasil e revisão de redação O Ministério da Saúde...

Proposta visa ampliar acessibilidade à Justiça

Brasil

Proposta visa ampliar acessibilidade à Justiça

21/01/2022 – 14:23:28 Com informações de Agência Senado e revisão de redação Está em análise no Senado o...

Justiça suspende posse da chapa vencedora da OAB/PR até suposta fraude por cota racial ser apurada

Geral

Justiça suspende posse da chapa vencedora da OAB/PR até suposta fraude por cota racial ser apurada

21/01/2022 – 11:52:46 Redação Nesta quinta-feira (20), o TRF4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região)...

Mais nove ruas de Guarapuava poderão ter lombadas eletrônicas para controle de velocidade

Guarapuava

Mais nove ruas de Guarapuava poderão ter lombadas eletrônicas para controle de velocidade

21/01/2022 – 08:19:11 Redação Está circulando nas redes sociais uma imagem que, supostamente, detalha locais...

TSE informa que não há discussão sobre passaporte de vacina nas eleições

Brasil

TSE informa que não há discussão sobre passaporte de vacina nas eleições

20/01/2022 – 18:50:59 Com informações de TSE e revisão de redação Em esclarecimento às falsas informações...