Guarapuava

Comércio reabrirá gradativamente em Guarapuava a partir do dia 6 de abril

Medida foi apresentada na tarde de hoje (26) pelo prefeito Cesar Silvestri Filho através de uma live no Facebook

Foto: Amanda Crissi

26/03/2020 – 18:25:20

A decisão foi tomada conjuntamente pelos prefeitos de Cascavel, Guarapuava e Ponta Grossa e estabelece a volta das atividades comerciais para a segunda semana de abril.

“Nós definimos algumas coisas e ações que serão tomadas em conjunto entre esses três municípios, dadas as características muito próximas desses municípios, sendo todas elas rede de suporte hospitalar para suas regiões e cidades polo regionais”, explicou Cesar Silvestri Filho.

Segundo o prefeito, a medida mais relevante diz respeito a “manutenção da política de isolamento social, da forma como está vigente aqui no nosso município até o dia 6 de abril”.

O intuito é oferecer previsibilidade à economia local, prezando, contudo, pelo critério de não aglomeração de pessoas em decorrência do Covid-19. “Eu queria afirmar que a partir do dia 6 de abril esses três municípios, de forma conjunta, apresentarão uma série de medidas para retomada da atividade econômica de forma gradativa e progressiva. Faremos uma análise dos segmentos que retornarão suas atividades, mas sempre colocando a segurança da população e dos trabalhadores do comércio como prioridade”, afirmou Cesar Filho.

As medidas são apoiadas pela Secretaria de Saúde do Município e serão detalhadas nas próximas semanas.

“É o tempo adequado e necessário para que os comerciantes possam se organizar nesses dias para tomar as providencias pertinentes a segurança de seus trabalhadores. Eles terão mais onze dias, é um tempo bastante razoável, para poderem se equipar com os equipamentos de proteção individual”, destacou o prefeito.

Outro anúncio, realizado durante a live, é a retomada das feiras do produtor rural no município. “A partir de segunda-feira nós retomaremos as feiras do produtor. Esse é um anúncio importante. Os locais que abrigam as feiras poderão receber, da mesma forma que os mercados, um limite de circulação, fixado em três pessoas para cada expositor”, explicou Cesar Filho.

O controle da entrada e permanência das pessoas será de responsabilidade dos organizadores da feira, semelhante ao que ocorre nos supermercados.



Receba nossas principais notícias em seu celular.


ENTRAR NO GRUPO

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidos pelo whatsapp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Leia Também

Aplicativo de marketplace do Sicredi registra, em uma semana, 2 mil novos usuários devido a confinamento social

Geral

Aplicativo de marketplace do Sicredi registra, em uma semana, 2 mil novos usuários devido a confinamento social

03/04/2020 – 17:36:02 Ascom Sicredi A interrupção das atividades em grande parte do comércio, indústria e...

Comprovante de pagamento de multa eleitoral não precisará mais ser apresentado aos cartórios eleitorais

Brasil

Comprovante de pagamento de multa eleitoral não precisará mais ser apresentado aos cartórios eleitorais

03/04/2020 – 15:33:58 TSE Considerando o aumento da demanda por serviços a distância, dadas as restrições de...

COVID-19 – Como fica a situação de distribuição de água e energia?

Geral

COVID-19 – Como fica a situação de distribuição de água e energia?

03/04/2020 – 11:56:00 Ascom Acig A Acig (Associação Comercial e Empresarial de Guarapuava) entrou em contato...

Secretaria Municipal de Saúde atualiza boletim sobre coronavírus e “perde” 33 casos

Guarapuava

Secretaria Municipal de Saúde atualiza boletim sobre coronavírus e “perde” 33 casos

03/04/2020 – 10:24:28 Redação O boletim diário que detalha os casos de coronavírus em Guarapuava vem...

Vereador Gilson da Ambulância troca o PSD pelo Solidariedade nos últimos dias da janela partidária

Guarapuava

Vereador Gilson da Ambulância troca o PSD pelo Solidariedade nos últimos dias da janela partidária

03/04/2020 – 08:28:11 Redação com informações do Partido Solidariedade O primeiro marco do calendário...

Deputados reconhecem calamidade pública em Cascavel e Guarapuava em decorrência do COVID-19

Guarapuava

Deputados reconhecem calamidade pública em Cascavel e Guarapuava em decorrência do COVID-19

02/04/2020 – 18:15:32 Dircom Alep Diante da epidemia do novo coronavírus, os deputados estaduais aprovaram, de...