Guarapuava

Há oito anos Guarapuava não elege um representante para a Câmara Federal

Cezar Silvestri e Fernando Ribas Carli foram os últimos eleitos pelo município, no entanto, passaram boa parte de seus mandatos longe do Congresso Nacional

Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

12/05/2022 – 11:42:30

Redação

Já se passaram oito anos desde que Guarapuava teve seu último deputado federal eleito. Cezar Silvestri foi eleito por três mandatos consecutivos, de 2003 a 2015, no entanto, pouco tempo passou na Câmara dos Deputados. Durante a legislatura 2007-2011, ele pediu licença do cargo assumir a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano, o mesmo ocorreu na legislatura 2011-2015, quando voltou ao cargo. Reassumiu seu mandato em 15 de dezembro de 2014 e voltou a licenciar-se do mandato, na mesma legislatura, para assumir o cargo de Secretário de Estado da Casa Civil.

Similar ocorreu com seu antecessor, Fernando Ribas Carli, eleito para o mandato 1995-1999. Ele exerceu, durante sua legislatura, o cargo de Secretário Chefe da Casa Civil do Governo do Estado do Paraná, de 3 de fevereiro de 1995 a 3 de abril de 1996. Depois, afastou-se, novamente, do mandato para para tratar de interesses particulares, de 2 de setembro a 5 de outubro, e de 3 a 14 de novembro de 1996.

“Os dois últimos eleitos por Guarapuava como deputado federal, tanto Cezar Silvestri quando Fernando Carli, cometeram um verdadeiro estelionato eleitoral. Mal chegaram a assumir direito um mandato na Câmara Federal e já se afastaram ou renunciaram para assumir cargos nas Secretarias do Estado do Paraná”, criticou o advogado e economista João Nieckars.

Para ele, que anunciou sua pré-candidatura à Câmara Federal este ano, “aquele que vem, pede voto, é eleito através desse voto, e abdica do mandato que o povo lhe conferiu para assumir uma secretaria para se favorecer, comete estelionato eleitoral”.

Antes de Silvestri e Carli, Guarapuava teve como representante em Brasília o auditor Élio Dalla-Vecchia, que cumpriu seu mandato integralmente entre os anos de 1991 e 1995. “Guarapuava, há 30 anos, não tem voz e não tem vez dentro do Congresso Nacional. Porque há mais de 30 anos não elegemos um deputado federal que vá lá e fique, que consiga votar de acordo com os nossos anseios […] nesses anos tivemos inúmeros temas importantíssimos sendo votados e Guarapuava não existiu nessas decisões”, apontou Nieckars.

Com acesso facilitado a todos os Ministérios, e ao próprio Governo Federal, os parlamentares da Câmara dos Deputados são um elo entre a cidade a qual pertencem e recursos federais que podem ser captados para o desenvolvimento do município e região.

“[Nessas eleições] nós precisamos ter vários candidatos [do município] apresentando propostas para que possamos escolher melhor quem poderá ser o nosso representante lá na Câmara Federal. Isso é o que realmente importa para a população. Nós temos que nos perguntar: como esse candidato/a se posiciona sobre os principais problemas do município? Ele/a está a par dos problemas na saúde? Nas taxas de desemprego? Ele/a sabe que Guarapuava está no bolsão da pobreza no Paraná? O que ele/a pensa disso tudo?”, questionou Nieckars.

Com inúmeras pré-candidaturas sendo firmadas no município, há a esperança de que, a partir de 2023, Guarapuava conte com ao menos um representante em Brasília para quebrar o jejum dos últimos oito anos.

“Já quero dizer que nós podemos aproveitar e reformar nossa bancada de deputados estaduais na Alep. Guarapuava tem condições de escolher melhores representantes, de efetivamente renovar a política estadual em relação ao município. O desenvolvimento da nossa cidade, em todas as áreas, precisa dessa rede de representantes, em todas as esferas, para garantir que nosso município tenha voz e receba mais recursos”, finalizou Nieckars.



Receba nossas principais notícias em seu celular
Participe dos nossos Grupos Oficiais


GRUPO DO WHATSAPP GRUPO DO FACEBOOK

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidos pelo whatsapp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Leia Também

Gabinete de Transição instala Conselho de Participação Social

Brasil

Gabinete de Transição instala Conselho de Participação Social

30/11/2022 – 17:59:01 Com informações de Agência PT e revisão de redação A Coordenadora de Articulação...

Senado aprova regulamentação da telessaúde no Brasil

Brasil

Senado aprova regulamentação da telessaúde no Brasil

30/11/2022 – 14:59:15 Com informações de Agência Brasil e revisão de redação O Senado aprovou nesta...

Prefeitura de Guarapuava divulga ensalamento do PSS para estagiários

Guarapuava

Prefeitura de Guarapuava divulga ensalamento do PSS para estagiários

30/11/2022 – 12:17:13 Com informações de Secom Prefeitura de Guarapuava e revisão de redação A prefeitura de...

Lei Orçamentária Anual já recebeu 22 emendas de vereadoras e vereadores

Guarapuava

Lei Orçamentária Anual já recebeu 22 emendas de vereadoras e vereadores

30/11/2022 – 11:04:51 Redação A LOA (Lei Orçamentária Anual), lei que estabelece como será empregado o...

MPPR cobra instauração de procedimento para cassar mandato de Celso Costa

Guarapuava

MPPR cobra instauração de procedimento para cassar mandato de Celso Costa

30/11/2022 – 08:54:01 Redação O MPPR (Ministério Público do Paraná), em ofício enviado à Câmara Municipal...

Deslizamento de terra na BR-376 soterra carros e caminhões

Paraná

Deslizamento de terra na BR-376 soterra carros e caminhões

29/11/2022 – 18:24:13 Com informações de Agência Brasil e revisão de redação Um deslizamento de terra na...