Guarapuava

João Napoleão (PODEMOS) é condenado em ação de improbidade administrativa

Vereador foi julgado em primeira instância e pode recorrer da decisão

Foto: Divulgação/Secom Prefeitura Municipal

17/06/2020 – 16:25:59

Redação

A ação civil pública – com pedido de declaração de nulidade, responsabilização por ato de improbidade administrativa e ressarcimento de danos – foi ajuizada pelo MPPR (Ministério Público do Estado do Paraná) que alegou, em 2015, que o Presidente da Câmara Municipal de Guarapuava inseriu informação falsa, intencionalmente, em um documento público.

Segundo o MPPR, Napoleão nomeou Sebastião Valmir de Souza para ocupar o cargo de Diretor de Gestão Legislativa da Câmara Municipal. Entretanto, através de acordo entre ambos, na prática, Sebastião ocupava o cargo de Assessor de Gabinete da Presidência.

De acordo com testemunhas ouvidas no processo, e que trabalhavam no Departamento Legislativo naquela época, Sebastião não tinha conhecimento acerca das atividades que deveria realizar no cargo de diretor. Todavia, mesmo não desenvolvendo as funções de Diretor Legislativo, Sebastião recebia o salário da ocupação.

O MPPR também informou que foi realizada investigação (Operação Fantasma II) pelo GAECO (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado), onde ficou evidenciado que Sebastião não exercia as funções derivadas de seu cargo. Ainda, segundo o MPPR, foi demonstrado que Sebastião só começou a desenvolver as funções ligadas à Diretoria de Gestão Legislativa na mesma época que se iniciaram as investigações do GAECO.

A ação de improbidade, ajuizada pelo MPPR, foi julgada procedente pela juíza da 2ª Vara da Fazenda Pública de Guarapuava. Dessa maneira, o vereador João Napoleão foi condenado, em primeira instância, a ressarcir integralmente a diferença do salário recebido por Sebastião dos cofres públicos. A condenação também acarreta a perda da função pública, suspensão dos direitos políticos por cinco anos e pagamento de multa civil de uma vez o valor do dano.

O Presidente do Poder Legislativo ainda pode recorrer desta sentença.



Receba nossas principais notícias em seu celular
Participe dos nossos Grupos Oficiais


GRUPO DO WHATSAPP GRUPO DO FACEBOOK

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidos pelo whatsapp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Leia Também

João Nieckars explica MP que garante empréstimo consignado com Auxílio Brasil

Guarapuava

João Nieckars explica MP que garante empréstimo consignado com Auxílio Brasil

08/08/2022 – 10:43:50 Redação Na última quinta-feira (04), foi publicada no DOU (Diário Oficial da União) a...

Sete candidaturas presidenciais estão registradas no TSE

Brasil

Sete candidaturas presidenciais estão registradas no TSE

08/08/2022 – 07:35:03 Redação Falta pouco mais de uma semana para o início da campanha eleitoral de 2022 e,...

Jonilson Pires é substituído por Chayane Andrade no comando da Secretaria Municipal de Saúde

Guarapuava

Jonilson Pires é substituído por Chayane Andrade no comando da Secretaria Municipal de Saúde

08/08/2022 – 07:06:32 Redação Na última sexta-feira (05), o médico Jonilson Pires foi substituído pela...

Assembleia vota a redação final da proposta que cria a Bancada Feminina na Casa

Paraná

Assembleia vota a redação final da proposta que cria a Bancada Feminina na Casa

05/08/2022 – 17:59:47 Com informações de Dircom Alep e revisão de redação Os deputados votam na sessão...

Prefeituras farão cadastro para o auxílio taxista

Brasil

Prefeituras farão cadastro para o auxílio taxista

05/08/2022 – 14:09:00 Com informações de Agência Brasil e revisão de redação Tem início hoje (05) e vai...

PL que propõe cobrança de água e luz por consumo real é aprovado na Comissão de Obras Públicas

Paraná

PL que propõe cobrança de água e luz por consumo real é aprovado na Comissão de Obras Públicas

05/08/2022 – 14:02:13 Com informações de assessoria parlamentar e revisão de redação O projeto de lei...