Guarapuava

João Napoleão (PODEMOS) é condenado em ação de improbidade administrativa

Vereador foi julgado em primeira instância e pode recorrer da decisão

Foto: Divulgação/Secom Prefeitura Municipal

17/06/2020 – 16:25:59

Redação

A ação civil pública – com pedido de declaração de nulidade, responsabilização por ato de improbidade administrativa e ressarcimento de danos – foi ajuizada pelo MPPR (Ministério Público do Estado do Paraná) que alegou, em 2015, que o Presidente da Câmara Municipal de Guarapuava inseriu informação falsa, intencionalmente, em um documento público.

Segundo o MPPR, Napoleão nomeou Sebastião Valmir de Souza para ocupar o cargo de Diretor de Gestão Legislativa da Câmara Municipal. Entretanto, através de acordo entre ambos, na prática, Sebastião ocupava o cargo de Assessor de Gabinete da Presidência.

De acordo com testemunhas ouvidas no processo, e que trabalhavam no Departamento Legislativo naquela época, Sebastião não tinha conhecimento acerca das atividades que deveria realizar no cargo de diretor. Todavia, mesmo não desenvolvendo as funções de Diretor Legislativo, Sebastião recebia o salário da ocupação.

O MPPR também informou que foi realizada investigação (Operação Fantasma II) pelo GAECO (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado), onde ficou evidenciado que Sebastião não exercia as funções derivadas de seu cargo. Ainda, segundo o MPPR, foi demonstrado que Sebastião só começou a desenvolver as funções ligadas à Diretoria de Gestão Legislativa na mesma época que se iniciaram as investigações do GAECO.

A ação de improbidade, ajuizada pelo MPPR, foi julgada procedente pela juíza da 2ª Vara da Fazenda Pública de Guarapuava. Dessa maneira, o vereador João Napoleão foi condenado, em primeira instância, a ressarcir integralmente a diferença do salário recebido por Sebastião dos cofres públicos. A condenação também acarreta a perda da função pública, suspensão dos direitos políticos por cinco anos e pagamento de multa civil de uma vez o valor do dano.

O Presidente do Poder Legislativo ainda pode recorrer desta sentença.



Receba nossas principais notícias em seu celular
Participe dos nossos Grupos Oficiais


GRUPO DO WHATSAPP GRUPO DO FACEBOOK

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidos pelo whatsapp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Leia Também

Gabinete de Transição instala Conselho de Participação Social

Brasil

Gabinete de Transição instala Conselho de Participação Social

30/11/2022 – 17:59:01 Com informações de Agência PT e revisão de redação A Coordenadora de Articulação...

Senado aprova regulamentação da telessaúde no Brasil

Brasil

Senado aprova regulamentação da telessaúde no Brasil

30/11/2022 – 14:59:15 Com informações de Agência Brasil e revisão de redação O Senado aprovou nesta...

Prefeitura de Guarapuava divulga ensalamento do PSS para estagiários

Guarapuava

Prefeitura de Guarapuava divulga ensalamento do PSS para estagiários

30/11/2022 – 12:17:13 Com informações de Secom Prefeitura de Guarapuava e revisão de redação A prefeitura de...

Lei Orçamentária Anual já recebeu 22 emendas de vereadoras e vereadores

Guarapuava

Lei Orçamentária Anual já recebeu 22 emendas de vereadoras e vereadores

30/11/2022 – 11:04:51 Redação A LOA (Lei Orçamentária Anual), lei que estabelece como será empregado o...

MPPR cobra instauração de procedimento para cassar mandato de Celso Costa

Guarapuava

MPPR cobra instauração de procedimento para cassar mandato de Celso Costa

30/11/2022 – 08:54:01 Redação O MPPR (Ministério Público do Paraná), em ofício enviado à Câmara Municipal...

Deslizamento de terra na BR-376 soterra carros e caminhões

Paraná

Deslizamento de terra na BR-376 soterra carros e caminhões

29/11/2022 – 18:24:13 Com informações de Agência Brasil e revisão de redação Um deslizamento de terra na...