Guarapuava

Médicos especialistas do CISGAP são dispensados nos meses finais de 2019 por falta de orçamento

À população o órgão informou que a agenda, referente aos meses de novembro e dezembro, já está preenchida e não será possível marcar novas consultas neste ano

Foto: Amanda Crissi

No último dia 15 de outubro médicos especialistas do CISGAP (Consórcio Intermunicipal de Saúde) receberam um memorando da direção executiva do órgão afirmando que não seriam mais agendadas consultas de suas respectivas especialidades devido “a necessidade de adequar a disponibilidade financeira e orçamentária do Consórcio no encerramento do exercício do ano de 2019”, como consta no documento, que pode ser conferido abaixo.

Memorando que alega a falta de recursos para os meses de novembro e dezembro.

O CISGAP contava com uma previsão orçamentária inicial de R$ 10.510.584,64 para este ano, tendo uma atualização de receita, o que elevou o valor para R$ 14.168.584,64. Houve um déficit de R$ 1.965.052,74 e, até o momento, já foram empregados R$ 10.476.719,75.

Para contornar o problema, a solução foi cancelar o agendamento de consultas de especialidades para os meses de novembro e dezembro, dispensando os profissionais e adequando os recursos orçamentários restantes. Ao todo, o CISGAP atende 17 especialidades distribuída entre 35 médicos, e foram encerrados os atendimentos para Ortopedia, Endocrinologia, Otorrinolaringologia, Dermatologia e Cirurgia Geral na cidade de Guarapuava.

“Nós contávamos com um recurso federal, por esse motivo conseguimos fazer mais consultas e exames nos meses iniciais. Conseguimos quase zerar algumas listas de espera, que foram justamente essas que tiveram as agendas canceladas para os dois meses finais deste ano”, explica a diretora executiva do Consórcio, Eliane Dranca.

Segundo ela, as especialidades foram estudadas, de maneira a priorizar, dentro do orçamento reduzido, as que tivessem uma fila de espera maior ou poucos especialistas para a modalidade. “Os nossos especialistas também atendem a demanda das Unidades Básicas de Saúde nos três municípios, e dependendo da especialidade, existe apenas um profissional prestando atendimento para toda a população”, pontua Eliane.

Outro ponto destacado pela diretora executiva foi a questão do “novo consórcio” que “está em impasse com o Governo e sem evolução”, o que acaba prejudicando o repasse de recursos.

O comunicado fixado para a população alerta que as agendas, tanto de novembro quanto de dezembro, estão com a cota de consultas preenchidas. Quem precisar de atendimento no órgão terá de aguardar janeiro de 2020, quando os agendamentos serão retomados.

Comunicado fixado no CISGAP informando os pacientes da resolução.



Receba nossas principais notícias em seu celular
Participe dos nossos Grupos Oficiais


GRUPO DO WHATSAPP GRUPO DO FACEBOOK

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidos pelo whatsapp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Leia Também

Jair Bolsonaro registra candidatura à reeleição no TSE

Brasil

Jair Bolsonaro registra candidatura à reeleição no TSE

10/08/2022 – 19:08:24 Com informações de Agência Brasil e revisão de redação O presidente Jair Bolsonaro...

Lula e Requião farão comício em Curitiba no dia 27 de agosto

Paraná

Lula e Requião farão comício em Curitiba no dia 27 de agosto

10/08/2022 – 14:40:58 Redação Luiz Inácio Lula da Silva e Roberto Requião, candidatos a presidente e...

PSDB Nacional descarta Cesar Silvestri e declara apoio à reeleição de Álvaro Dias

Guarapuava

PSDB Nacional descarta Cesar Silvestri e declara apoio à reeleição de Álvaro Dias

10/08/2022 – 08:47:22 Redação Após ter sua pré-candidatura ao Governo do Paraná barrada pelo Podemos –...

PL proíbe nomeação de parentes de membros do TCE em cargos em comissão no Estado

Paraná

PL proíbe nomeação de parentes de membros do TCE em cargos em comissão no Estado

10/08/2022 – 08:46:16 Com informações de Dircom Alep e revisão de redação Foi protocolado na Alep...

Brasil arrecada e Bolsonaro corta: para onde vai o dinheiro?

Brasil

Brasil arrecada e Bolsonaro corta: para onde vai o dinheiro?

10/08/2022 – 08:04:20 Por Zeca Dirceu Mês a mês a arrecadação brasileira vem batendo recordes. Só em junho,...

TCU condena Dallagnol e Janot a devolverem gastos indevidos

Brasil

TCU condena Dallagnol e Janot a devolverem gastos indevidos

10/08/2022 – 07:11:30 Com informações de Agência Brasil e revisão de redação O TCU (Tribunal de Contas da...