Search
Close this search box.

Novo Decreto Municipal determina o fechamento obrigatório de estabelecimentos comerciais

Comunicado foi publicado na tarde de hoje (21) pelas redes sociais da Secretaria de Saúde do município

Foto: Divulgação/Secom

21/03/2020 – 14:51:58

Atualizada – 16:20:20

Na tarde deste sábado (21) um novo Decreto Municipal (7821) determina o fechamento compulsório de todos os estabelecimentos comerciais de Guarapuava.

Considerando que as determinações e recomendações impostas pelos Decretos Municipais nº 7815/2020 e 7820/2020, que tinham por objetivo a restrição da circulação das pessoas pelo município e o isolamento social voluntário, não foram obedecidas e acatadas por parte da população o novo decreto é uma maneira de prevenção e enfrentamento à epidemia da Covid-19.

A partir de hoje (21) os estabelecimentos comerciais não essenciais devem ser obrigatoriamente fechados.

Serão mantidos os serviços de: geração, transmissão e distribuição de energia elétrica, gás, água e
combustíveis; assistência médica e hospitalar; distribuição e comercialização de medicamentos e gêneros alimentícios, tais como farmácias, supermercados, mercados e panificadoras; funerárias; captação e tratamento de esgoto e lixo; telecomunicações; processamento de dados ligados a serviços essenciais; segurança privada; estabelecimentos agropecuários de distribuição de alimentação e medicação animal e imprensa.

As instituições bancárias também deverão se limitar aos serviços de autoatendimento, devendo os referidos estabelecimentos manterem a higienização permanente de todos os terminais.

Também é obrigatório o isolamento de pessoas com idade igual ou superior à 70 anos.

A partir de amanhã (22) estará disponível, no site da Prefeitura Municipal, link para cadastro de pessoas e clubes de serviços que vão se disponibilizar a realizar serviços voluntários para ações de enfrentamento a pandemia do Covid-19, em especial, ações voltadas a população idosa que obrigatoriamente ficará confinada, como por exemplo: compras em supermercados, farmácia e atendimentos específicos comprovadamente necessários.

Até o momento a Secretaria de Saúde de Guarapuava não confirmou nenhum caso do Coronavírus na cidade.

O decreto pode ser conferido na íntegra aqui.

 

Leia Também