Guarapuava

Secretaria de Educação e Cultura realiza atualização cadastral do segmento artístico-cultural de Guarapuava

Para os artistas que atuam em grupos, companhias, bandas e demais organizações coletivas, o cadastramento será realizado tanto pelo representante legal de cada entidade como por seus integrantes, individualmente

Foto: Divulgação/ Secom Prefeitura de Guarapuava

03/07/2020 – 11:54:43

Secom Prefeitura de Guarapuava

O setor cultural também foi atingido pelas medidas de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus. Desde março deste ano, os profissionais da área enfrentaram a cessação de atividades culturais, demissões e a suspensão de eventos em razão das estratégias de segurança sanitária ao público, evitando aglomerações.Como medida emergencial, o Governo Federal sancionou a Lei nº 14017/2020 (clique aqui para acessar o texto completo da lei federal), conhecida como Lei Aldir Blanc, que destina R$ 3 bilhões em auxílio financeiro que serão repassados à artistas e estabelecimentos culturais por meio dos estados, durante a pandemia da Covid-19. Seguindo as diretrizes federais e estaduais, a Secretaria de Educação e Cultura disponibilizou um formulário que servirá como pré-cadastro para identificação de artistas locais que posteriormente poderão ser contemplados com recursos dessa Lei.

“É muito provável que a classe artística seja a última a voltar aos seus trabalhos e, até agora, não havia recebido nenhum tipo de auxílio governamental. Para implementação da Lei Aldir Blanc, será indispensável conhecermos de maneira detalhada a classe artística de Guarapuava, de maneira que possamos instrumentalizar corretamente o que define a legislação e atendermos o segmento cultural local”, explicou a secretária de Educação e Cultura, Doraci Senger Luy.

Do valor geral, Guarapuava irá receber R$ 1.267.358,64, dos quais 20% será destinado para a manutenção de espaços artísticos, micro e pequenas empresas culturais que tiveram suas atividades interrompidas. Para trabalhadores informais no setor cultural, a lei prevê uma complementação mensal de renda de R$ 600 em três parcelas. “A cultura local continuará produzindo suas atividades de forma criativa, reinventando-se e, contribuirá também para que os artistas consigam manter seus espaços e dar continuidade as suas atividades no período pós pandemia”, avaliou a diretora da Casa da Cultura, Rosevera Bernadim.

O link de acesso ao formulário de cadastro encontra-se disponível no site da Prefeitura e poderá ser preenchido pelos interessados. Para os artistas que atuam em grupos, companhias, bandas e demais organizações coletivas, o cadastramento será realizado tanto pelo/a representante legal de cada entidade como por seus integrantes, individualmente. Acesse o cadastro clicando aqui.

Acesso ao auxílio-emergencial

Para ter direito ao auxílio emergencial, o profissional terá que comprovar:

Atuação social ou profissional nas áreas artística e cultural nos 24 meses anteriores à lei. A comprovação poderá ser documental ou por autodeclaração;

Não ter emprego formal ativo;

Não ser titular de benefício previdenciário ou assistencial ou beneficiário do seguro-desemprego ou de programa de transferência de renda federal, ressalvado o Bolsa Família;

Ter renda familiar mensal per capita de até meio salário-mínimo ou ter renda familiar mensal total de até três salários mínimos, o que for maior;

Não ter recebido, no ano de 2018, rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70;

Comprovar inscrição e respectiva homologação em, pelo menos, um dos cadastros referentes a atividades culturais;

Não ser beneficiário do auxílio emergencial do governo pago aos trabalhadores informais.



Receba nossas principais notícias em seu celular
Participe dos nossos Grupos Oficiais


GRUPO DO WHATSAPP GRUPO DO FACEBOOK

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidos pelo whatsapp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Leia Também

Transição vê indícios de crime eleitoral de Bolsonaro por uso ilegal do CadÚnico

Brasil

Transição vê indícios de crime eleitoral de Bolsonaro por uso ilegal do CadÚnico

02/12/2022 – 13:16:16 Com informações de Agência PT e revisão de redação O Grupo de Trabalho de...

MPPR denuncia autores de assalto a transportadora em Guarapuava

Guarapuava

MPPR denuncia autores de assalto a transportadora em Guarapuava

02/12/2022 – 13:11:16 Com informações de MPPR e revisão de redação O MPPR (Ministério Público do Paraná),...

Dança das cadeiras: Celso Góes faz alteração no primeiro escalão do governo

Guarapuava

Dança das cadeiras: Celso Góes faz alteração no primeiro escalão do governo

02/12/2022 – 13:08:16 Blog do Observador O Prefeito de Guarapuava, Celso Góes (Cidadania) resolveu fechar o mês...

João Napoleão deixa legado com oito anos na presidência da Câmara Municipal

Guarapuava

João Napoleão deixa legado com oito anos na presidência da Câmara Municipal

02/12/2022 – 11:42:04 Redação No fim deste mês, o presidente da Câmara Municipal, João Napoleão (PODE) se...

Afastado e denunciado pelo MPPR, Sidão Oreiko continua na folha de pagamento da Câmara Municipal

Guarapuava

Afastado e denunciado pelo MPPR, Sidão Oreiko continua na folha de pagamento da Câmara Municipal

02/12/2022 – 08:38:38 Redação Mesmo estando afastado de suas atividades na Câmara Municipal desde o início de...

Transição diz que 50% das obras de saneamento estão paradas

Brasil

Transição diz que 50% das obras de saneamento estão paradas

01/12/2022 – 18:39:19 Com informações de Agência Brasil e revisão de redação O senador Randolfe Rodrigues...