Paraná

Comissão Especial apura irregularidade na vacinação contra Covid-19 em 39 municípios do Paraná

Guarapuava apresenta um caso, que deverá ser explicado aos deputados estaduais

Vacinação contra Covid-19 no Paraná. Foto: Gilson Abreu/AEN

09/06/2021 – 08:28:10

Redação com informações de Dircom Alep

Os deputados estaduais, que integram a Comissão Especial que apura possíveis irregularidades na vacinação contra a Covid-19, estão notificando dezenas de cidades do Paraná para que apresentem as justificativas para os casos da aplicação de vacinas com a utilização de CPF de pessoas mortas, conforme denúncias recebidas e também apresentadas no relatório do Ministério Público enviado à Comissão.

São 99 casos em 39 cidades. Os deputados já receberam explicações de alguns municípios, como Paranaguá, que recebeu uma visita dos parlamentares e foi declarado que ocorreram erros de digitação.

“Esses casos dos mortos são emblemáticos pela fraude, mas há várias outras situações chegando a quase mil denúncias de pessoas que se vacinaram fora do Plano Nacional de Imunização”, afirmou o deputado Delegado Francischini, presidente da Comissão.

O grupo de trabalho também esteve em outras cidades do Paraná, como Rio Branco do Sul, onde apurou o caso uma família proprietária de um consultório odontológico que teria furado a fila da vacina e também de um adolescente que também teria se vacinado irregularmente; Apucarana, onde ouviu uma mulher acusada de desviar doses da vacina para serem aplicadas em pessoas fora do grupo prioritário.

A Comissão Especial da Assembleia Legislativa é composta, além do deputado Francischini, pelos deputados: Hussein Bakri (PSD), Delegado Jacovós (PL), Arilson Chiorato (PT), Tiago Amaral (PSB) e Michele Caputo (PSDB).

Método

Para conceber a lista que foi enviada à Comissão Especial, o Ministério Público cruzou dados entre os sistemas Nacional de Imunização, de Informação de Mortalidade, de Controle de Óbitos e Nacional de Registro Civil. Com esse método, o órgão foi capaz de procurar irregularidades na vacinação, que foram notificadas aos municípios.

De acordo com o levantamento do Ministério Público, em 26 municípios foram identificados apenas um caso de irregularidade, sendo Guarapuava uma dessas cidades, ao lado de: Araucária, Bandeirantes, Campina Grande do Sul, Cruz Machado, Entre Rios, Francisco Beltrão, Ipiranga, Itapejara D´Oeste, Jardim Olinda, Kaloré, Lapa, Loanda, Moreira Sales, Palmas, Piraí do Sul, Quatro Barras, Rosário do Ivaí, Santa Tereza do Oeste, São Jorge do Ivaí, São Pedro do Ivaí, Teixeira Soares, Toledo, Tomazina, Ubiratã e União da Vitória.

Outros nove municípios apresentaram dois casos de irregularidades: Foz do Iguaçu, Ibiporã, Jandaia do Sul, Marechal Candido Rondon, Maringá, Realeza, Santa Izabel do Oeste, Tamarana e Umuarama.

Nas cidades de Cambará e Cambé foram identificados três casos. Em Paranaguá foram seis, e a prefeitura justificou que as inconsistências foram erros de digitação. Já Arapongas figura como a cidade com mais irregularidades na vacinação, com um total de oito casos.

Cautela

Durante a sessão plenária desta terça-feira (08) os deputados repercutiram esses casos e pediram cautela na divulgação dos possíveis casos. O presidente da Assembleia, deputado Ademar Traiano (PSDB), disse que é preciso ter cautela nessas apurações para não publicar nomes de cidades e de gestores públicos em casos que depois pode ser verificado que não foi cometido nenhum ato ilícito.

“O fato que me preocupa é a exposição do prefeito e do município. A gente sabe que eles estão fazendo o possível e o impossível para superar esse momento de crise e às vezes uma notícia publicada como se fosse atitude da administração pode comprometer a imagem do gestor e do município. Faço um apelo, com respeito ao trabalho que a Comissão vem fazendo, para que tomemos essa cautela. Senão a imagem do próprio Parlamento fica ruim porque as vezes não procede a informação. Coisas negativas nesse período acontecem de toda ordem e temos que ter cuidado para não envolver o nome do gestor”, afirmou Traiano.

O deputado Delegado Jacovós (PL), vice-presidente da Comissão Especial, disse que há mais de quinze dias a Comissão estava de posse da relação das 39 cidades e tomou a precaução de não divulgar nomes de gestores e nem cidades.

“Só que chegou num ponto que a imprensa acaba descobrindo. Não é porque em determinada cidade foi lá um estelionatário e tomou a vacina no lugar de outros que a administração da cidade está envolvida em alguma coisa”, disse. “Não é porque se divulgou o nome da cidade que alguém ligado à administração estaria envolvido em algo. Ninguém está fazendo ilação envolvendo nome de nenhum administrador”, explicou Jacovós.

Para o deputado Michele Caputo (PSDB) é preciso apurar “bem os fatos, que separe um erro de forma de um erro claro de direito; separe a ação individual equivocada, errada e as vezes criminosa de um determinado servidor ou situação de todo um processo de uma estrutura de uma Secretaria ou prefeitura”.



Receba nossas principais notícias em seu celular
Participe dos nossos Grupos Oficiais


GRUPO DO WHATSAPP GRUPO DO FACEBOOK

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidos pelo whatsapp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Leia Também

Mulheres na política: alunas do ensino fundamental conhecem Poder Legislativo e rotina de vereadora em Guarapuava

Guarapuava

Mulheres na política: alunas do ensino fundamental conhecem Poder Legislativo e rotina de vereadora em Guarapuava

24/09/2021 – 18:58:40 Redação Lugar de mulher é na política. Esta é a mensagem que a vereadora Prof.ª Bia...

Aplicação de segundas e terceiras doses será descentralizada para 30 UBS’s na próxima semana

Guarapuava

Aplicação de segundas e terceiras doses será descentralizada para 30 UBS’s na próxima semana

24/09/2021 – 11:21:02 Com informações de Secom Prefeitura de Guarapuava e revisão de redação A partir da...

Inscrições do Enem para isentos ausentes em 2020 terminam domingo

Brasil

Inscrições do Enem para isentos ausentes em 2020 terminam domingo

24/09/2021 – 11:14:51 Com informações de Agência Brasil e revisão de redação Terminam no domingo (26) as...

Comunidade Surda de Guarapuava realiza manifestação em prol de direitos neste sábado (25)

Guarapuava

Comunidade Surda de Guarapuava realiza manifestação em prol de direitos neste sábado (25)

24/09/2021 – 10:33:13 Redação Conscientizar à população sobre a acessibilidade, inclusão e direitos das...

Vacinação de adolescentes com comorbidades continua nesta sexta-feira (24)

Guarapuava

Vacinação de adolescentes com comorbidades continua nesta sexta-feira (24)

24/09/2021 – 07:50:23 Redação A vacinação de adolescentes, entre 12 e 17 anos, com comorbidades continua...

O fim da Resolução 23 e a privatização dos Correios

Brasil

O fim da Resolução 23 e a privatização dos Correios

23/09/2021 – 17:16:32 Por Alexsander Menezes O Senado revogou no último dia 1º de setembro, a Resolução...