Paraná

Governador sanciona a Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2022

O documento define as metas e prioridades do governo para o exercício e orienta a elaboração da Lei Orçamentária Anual

Foto: José Fernando Ogura/ANPr

20/07/2021 – 17:37:15

Com informações de AEN e revisão de redação

O governador Carlos Massa Ratinho Junior sancionou nesta segunda-feira (19) a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) para 2022. A peça prevê uma receita total de R$ 48,3 bilhões para o ano que vem, ante uma despesa de R$ 52,6 bilhões, com um déficit aproximado, portanto, de mais de R$ 4 bilhões. Já para 2023 a diferença será de aproximadamente R$ 3,5 bilhões e, para 2024, de R$ 2,4 bilhões. 

O documento define as metas e prioridades do governo para o exercício e orienta a elaboração da LOA (Lei Orçamentária Anual), que já está em desenvolvimento. “Neste cenário de incertezas criado pela pandemia da Covid-19, a situação orçamentária continua apertada, tendo em vista o aumento de algumas despesas com a saúde e assistência social”, alerta o secretário da Fazenda, Renê de Oliveira Garcia Junior.

A previsão de receita para a LDO 2022 foi realizada em fevereiro deste ano, ou seja, em um período em que o contágio estava em alta, com medidas de enfrentamento que atingiram o setor econômico sem previsão da sua extensão.

O documento traz o total das despesas obrigatórias, assim como todas as despesas de Pessoal e Encargos Sociais. Ele aponta aumento em saúde e assistência social, de 4% sobre a LOA 2021. Os efeitos da Covid-19 sobre a atividade econômica também derrubaram a previsão de arrecadação com Impostos, Taxas e Contribuições, especialmente pelos impactos sobre o ICMS – tributo mais relevante para a composição do caixa do Estado.

Outros riscos fiscais, provenientes de demandas judiciais, podem aumentar ainda mais o déficit, segundo a Fazenda. É o caso, por exemplo, da execução do contrato celebrado no ano de 2000 entre o estado e o Banestado para a conta de títulos públicos de Alagoas, Santa Catarina, Osasco e Guarulhos, na ocasião em que a instituição foi adquirida pelo Itaú. A ação tramita no STF (Supremo Tribunal Federal).



Receba nossas principais notícias em seu celular
Participe dos nossos Grupos Oficiais


GRUPO DO WHATSAPP GRUPO DO FACEBOOK

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidos pelo whatsapp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Leia Também

Mulheres na política: alunas do ensino fundamental conhecem Poder Legislativo e rotina de vereadora em Guarapuava

Guarapuava

Mulheres na política: alunas do ensino fundamental conhecem Poder Legislativo e rotina de vereadora em Guarapuava

24/09/2021 – 18:58:40 Redação Lugar de mulher é na política. Esta é a mensagem que a vereadora Prof.ª Bia...

Aplicação de segundas e terceiras doses será descentralizada para 30 UBS’s na próxima semana

Guarapuava

Aplicação de segundas e terceiras doses será descentralizada para 30 UBS’s na próxima semana

24/09/2021 – 11:21:02 Com informações de Secom Prefeitura de Guarapuava e revisão de redação A partir da...

Inscrições do Enem para isentos ausentes em 2020 terminam domingo

Brasil

Inscrições do Enem para isentos ausentes em 2020 terminam domingo

24/09/2021 – 11:14:51 Com informações de Agência Brasil e revisão de redação Terminam no domingo (26) as...

Comunidade Surda de Guarapuava realiza manifestação em prol de direitos neste sábado (25)

Guarapuava

Comunidade Surda de Guarapuava realiza manifestação em prol de direitos neste sábado (25)

24/09/2021 – 10:33:13 Redação Conscientizar à população sobre a acessibilidade, inclusão e direitos das...

Vacinação de adolescentes com comorbidades continua nesta sexta-feira (24)

Guarapuava

Vacinação de adolescentes com comorbidades continua nesta sexta-feira (24)

24/09/2021 – 07:50:23 Redação A vacinação de adolescentes, entre 12 e 17 anos, com comorbidades continua...

O fim da Resolução 23 e a privatização dos Correios

Brasil

O fim da Resolução 23 e a privatização dos Correios

23/09/2021 – 17:16:32 Por Alexsander Menezes O Senado revogou no último dia 1º de setembro, a Resolução...