Paraná

Governo do Paraná propõe fim de exigência de ‘preço máximo’ em licitações

O Executivo justifica que essa medida deve estimular os concorrentes a apresentarem seu melhor preço

Foto: AEN/PR

Nesta terça-feira (6) o Governo do Estado encaminhou à Assembleia Legislativa do paraná (Alep), cinco projetos, um deles trata-se de uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que busca revogar a exigência de preços máximos nas licitações para a contratação de obras, serviços e compras em órgãos da administração pública direta e indireta.

O Executivo justifica que essa medida deve estimular os concorrentes a apresentarem seu melhor preço, favorecendo a negociação entre os interessados. O governo argumenta que as empresas que participam dos processos licitatórios públicos, nas atuais regras, apresentam propostas próximas aos preços máximos.

Atualmente, o artigo 27 da Constituição Estadual determina que a administração estadual “obedecerá aos princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade”, entre outros. O inciso 21 do mesmo artigo prevê que “além dos requisitos mencionados no inciso anterior, o órgão licitante deverá, nos processos licitatórios, estabelecer preço máximo das obras, serviços, compras e alienações a serem contratados”. Pela proposta, esse item da Constituição pode ser revogado.



Receba nossas principais notícias em seu celular
Participe dos nossos Grupos Oficiais


GRUPO DO WHATSAPP GRUPO DO FACEBOOK

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidos pelo whatsapp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Leia Também

Transição vê indícios de crime eleitoral de Bolsonaro por uso ilegal do CadÚnico

Brasil

Transição vê indícios de crime eleitoral de Bolsonaro por uso ilegal do CadÚnico

02/12/2022 – 13:16:16 Com informações de Agência PT e revisão de redação O Grupo de Trabalho de...

MPPR denuncia autores de assalto a transportadora em Guarapuava

Guarapuava

MPPR denuncia autores de assalto a transportadora em Guarapuava

02/12/2022 – 13:11:16 Com informações de MPPR e revisão de redação O MPPR (Ministério Público do Paraná),...

Dança das cadeiras: Celso Góes faz alteração no primeiro escalão do governo

Guarapuava

Dança das cadeiras: Celso Góes faz alteração no primeiro escalão do governo

02/12/2022 – 13:08:16 Blog do Observador O Prefeito de Guarapuava, Celso Góes (Cidadania) resolveu fechar o mês...

João Napoleão deixa legado com oito anos na presidência da Câmara Municipal

Guarapuava

João Napoleão deixa legado com oito anos na presidência da Câmara Municipal

02/12/2022 – 11:42:04 Redação No fim deste mês, o presidente da Câmara Municipal, João Napoleão (PODE) se...

Afastado e denunciado pelo MPPR, Sidão Oreiko continua na folha de pagamento da Câmara Municipal

Guarapuava

Afastado e denunciado pelo MPPR, Sidão Oreiko continua na folha de pagamento da Câmara Municipal

02/12/2022 – 08:38:38 Redação Mesmo estando afastado de suas atividades na Câmara Municipal desde o início de...

Transição diz que 50% das obras de saneamento estão paradas

Brasil

Transição diz que 50% das obras de saneamento estão paradas

01/12/2022 – 18:39:19 Com informações de Agência Brasil e revisão de redação O senador Randolfe Rodrigues...