Paraná

Guarapuava encerra audiências públicas do Plano Plurianual

As próximas etapas do PPA consistem na consolidação dos programas no formato de Projeto de Lei e aprovação pela Assembleia Legislativa do Paraná

Foto: AN-PR

Com informações da AN-PR

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Planejamento e Projetos Estruturantes, encerrou nesta sexta-feira (30), em Guarapuava, o ciclo de audiências públicas do Plano Plurianual 2020-2023. Foram seis encontros, um na Capital e cinco no Interior, com participação de cerca de 800 pessoas.

As audiências públicas fizeram parte da terceira etapa da elaboração do PPA para que a sociedade organizada pudesse participar presencialmente, com sugestões e ideias, do processo de planejamento do Estado para os próximos quatro anos.

Além de Guarapuava, as audiências ocorreram em Curitiba (22/08), Ponta Grossa (26), Apucarana (27), Umuarama (28) e Cascavel (29). Os encontros foram coordenados pelo secretário do Planejamento e Projetos Estruturantes, Valdemar Bernardo Jorge, e sua equipe. Foram apresentados 16 programas do Governo para 2020-2023, nas áreas de saúde, segurança, educação, tecnologia e infraestrutura.

De acordo com o secretário do Planejamento, as audiências públicas aproximam o Governo do Estado das reivindicações e contribuições da população. “É importante ouvirmos a sociedade civil organizada, os cidadãos, porque são eles que estão diretamente envolvidos e próximos das necessidades e demandas dos seus municípios. São as pessoas, de fato, que conhecem a real necessidade de sua região”, disse. “Podemos receber ideias, sugestões e propostas para, juntos, planejarmos e construirmos o Paraná que queremos, um estado melhor e que pensa no bem comum”, afirmou.

Na audiência pública em Guarapuava foram apresentados três programas do Governo: Ensino Superior Inovador, Desenvolvimento Sustentável das Cidades e Segurança com Integração, Inovação e Inteligência.

O representante da Superintendência Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Michel Samaha, falou que o programa prevê inovação no ensino superior com a melhoria contínua dos processos de gestão, além do monitoramento, avaliação, transparência e regulação dos diferentes níveis da formação acadêmica ofertados pelas instituições.

Segundo ele, são esperados resultados como novos parâmetros de gestão, custeio e investimento para maior desempenho e equidade do sistema; redução da evasão; ampliação e qualificação da pós-graduação (mestrados e doutorados); oferta de novos cursos de pós-graduação e de graduação, nas modalidades presencial e à distância, especialmente relacionados à ciência e tecnologia, e novos cursos de idiomas.

O diretor-geral da Secretaria do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas, Chico Santos, disse que o programa para a área tem uma visão de gestão integrada, inclusiva e igualitária de cidades sustentáveis, em consonância com os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e a Agenda 2030, da Organização das Nações Unidas (ONU). Entre os resultados esperados estão direcionar recursos a todos os municípios para obras de urbanismo sustentáveis e inovadoras.

O terceiro programa apresentado foi Segurança com Integração, Inovação e Inteligência, que pretende reduzir os índices de criminalidade. Elaine Turra, da Secretaria da Segurança Pública, apresentou o cenário atual da área no Paraná e alguns dos objetivos: consolidação de um ambiente favorável que propicie um ciclo sustentável de redução da criminalidade e violência, sistema de segurança pública comprometido com mudanças efetivas e desenvolvimento de uma cultura da paz, cidadania, responsabilidade e solidariedade social, com a participação da sociedade e o empenho das instituições públicas e privadas.

Os paranaenses podem continuar participando da elaboração do PPA com sugestões por meio da plataforma digital – clique aqui e participe. As contribuições online podem ser encaminhadas até 5 de setembro.

As próximas etapas do PPA consistem na consolidação dos programas no formato de Projeto de Lei e aprovação pela Assembleia Legislativa do Paraná.

PPA

O Plano Plurianual é um dos principais instrumentos de planejamento do Estado, na medida em que estabelece as diretrizes, os investimentos estratégicos e as ações estruturantes que servirão de norte para a atuação do Governo nos próximos quatro anos. Sua elaboração é uma exigência prevista no artigo 165 da Constituição Federal e pelo artigo 204 da Constituição Estadual. O PPA passa a vigorar a partir do segundo ano do mandato governamental e deve ser seguido até o primeiro ano do mandato seguinte.



Receba nossas principais notícias em seu celular
Participe dos nossos Grupos Oficiais


GRUPO DO WHATSAPP GRUPO DO FACEBOOK

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidos pelo whatsapp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Leia Também

Senado aprova regulamentação da telessaúde no Brasil

Brasil

Senado aprova regulamentação da telessaúde no Brasil

30/11/2022 – 14:59:15 Com informações de Agência Brasil e revisão de redação O Senado aprovou nesta...

Prefeitura de Guarapuava divulga ensalamento do PSS para estagiários

Guarapuava

Prefeitura de Guarapuava divulga ensalamento do PSS para estagiários

30/11/2022 – 12:17:13 Com informações de Secom Prefeitura de Guarapuava e revisão de redação A prefeitura de...

Lei Orçamentária Anual já recebeu 22 emendas de vereadoras e vereadores

Guarapuava

Lei Orçamentária Anual já recebeu 22 emendas de vereadoras e vereadores

30/11/2022 – 11:04:51 Redação A LOA (Lei Orçamentária Anual), lei que estabelece como será empregado o...

MPPR cobra instauração de procedimento para cassar mandato de Celso Costa

Guarapuava

MPPR cobra instauração de procedimento para cassar mandato de Celso Costa

30/11/2022 – 08:54:01 Redação O MPPR (Ministério Público do Paraná), em ofício enviado à Câmara Municipal...

Deslizamento de terra na BR-376 soterra carros e caminhões

Paraná

Deslizamento de terra na BR-376 soterra carros e caminhões

29/11/2022 – 18:24:13 Com informações de Agência Brasil e revisão de redação Um deslizamento de terra na...

PEC que retira Bolsa Família do teto de gastos recebe 28 assinaturas e vai à CCJ

Brasil

PEC que retira Bolsa Família do teto de gastos recebe 28 assinaturas e vai à CCJ

29/11/2022 – 15:10:10 Com informações de Agência Senado e revisão de redação A PEC da Transição, que...