Paraná

Mesmo após denúncias de cobrança indevida, pedágio fica mais caro no Paraná e deputado recorre à Justiça

Taxa embutida na tarifa foi paga pelos usuários nas últimas décadas e somam R$ 10 bilhões a mais para as concessionárias que não realizaram as obras prometidas

Foto: Dálie Felberg/Alep

13/05/2021 – 09:03:38

Com informações de Dircom Alep

As tarifas de pedágio da Ecovia, no trecho Curitiba ao Litoral, na rodovia BR-277, tiveram um reajuste de 7,6% nesta quarta-feira (12). Mesmo após a denúncia de que as seis concessionárias que atuam no estado teriam recebido a mais, ao longo de todo o contrato, algumas delas já conseguiram na justiça uma liminar autorizando o reajuste das tarifas que havia sido suspenso no final do ano.

Para o deputado Requião Filho (MDB), falta pulso firme da Agência Reguladora e do Governo do Estado, no sentido de reaver o valor acumulado de todo esse prejuízo. Por isso, nesta quarta-feira, ele protocola uma Ação Popular cobrando providências do poder judiciário e pedindo encaminhamento para o Ministério Público Estadual e Federal.

“Precisamos que apurem urgentemente as responsabilidades e cancelem esse aumento imediatamente. Poderíamos ficar 5 anos sem a cobrança de pedágio para cobrir o rombo, mas sequer temos um plano do Governo Estadual para o ressarcimento dessa dívida. Ou fazemos isso agora, ou veremos em breve novos contratos sendo firmados, com as mesmas empresas devedoras, por mais 30 anos, sem a realização das obras ou qualquer previsão desta compensação financeira que elas devem ao Paraná”, afirmou.

Os contratos de pedágio terminam em novembro deste ano e um novo modelo já está em estudo pelo Governo Federal para ser implementado a partir do próximo ano. Um levantamento realizado pela Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Paraná (Agepar), aponta o recebimento de R$ 9.930.366.468,74, em valores atualizados, de 1998 a dezembro de 2020, de uma taxa que foi embutida nas tarifas, por obras de duplicação que nunca foram realizadas.

Os cálculos foram feitos pelo DER, a pedido da Agepar, em 2020. Requião Filho pediu para ter acesso aos relatórios e o valor total cobrado a mais corresponde a 22,54% do total que foi arrecadado pelas pedageiras ao longo dos anos, que somou R$ 44 bilhões, em valores corrigidos até dezembro do ano passado.

“Cobraram a mais e, no fim, ainda vão sair devendo para o Estado. A gente não precisaria mais sequer estar pagando esse pedágio. A Agepar sabe disso há quase um ano, aliás, talvez esse valor devido não seja nem suficiente para cobrir o rombo”, alertou Requião Filho.



Receba nossas principais notícias em seu celular
Participe dos nossos Grupos Oficiais


GRUPO DO WHATSAPP GRUPO DO FACEBOOK

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidos pelo whatsapp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Leia Também

Com 1.033 novos casos de Covid-19 confirmados nos últimos cinco dias, Guarapuava mantém bandeira laranja

Guarapuava

Com 1.033 novos casos de Covid-19 confirmados nos últimos cinco dias, Guarapuava mantém bandeira laranja

11/06/2021 – 19:29:44 Redação Nos últimos cinco dias, Guarapuava apresentou, novamente, alta nos casos de...

CPI da Pandemia começa a investigar defensores da cloroquina

Brasil

CPI da Pandemia começa a investigar defensores da cloroquina

11/06/2021 – 15:05:39 Com informações de AEN e revisão de redação Os entusiastas da cloroquina no...

Em carta, PDT reconhece vitória de Pedro Castillo na eleição presidencial do Peru

Brasil

Em carta, PDT reconhece vitória de Pedro Castillo na eleição presidencial do Peru

11/06/2021 – 12:49:12 Com informações de Ascom PDT e revisão de redação O PDT reconheceu a vitória de Pedro...

Obras de duplicação da BR-277 em Guarapuava iniciam por viaduto e vias marginais

Guarapuava

Obras de duplicação da BR-277 em Guarapuava iniciam por viaduto e vias marginais

11/06/2021 – 09:50:25 Com informações de AEN e revisão de redação Já está na fase de execução de estacas...

Em requerimento, deputadas pedem mudança no nome da Câmara dos Deputados

Brasil

Em requerimento, deputadas pedem mudança no nome da Câmara dos Deputados

11/06/2021 – 08:26:38 Redação As deputadas federais Gleisi Hoffmann (PT) e Érika Kokay (PT), pedem, no...

CPI quebra sigilo de Eduardo Pazuello, Ernesto Araújo e “gabinete paralelo”

Brasil

CPI quebra sigilo de Eduardo Pazuello, Ernesto Araújo e “gabinete paralelo”

10/06/2021 – 18:12:47 Com informações de Agência Senado e revisão de redação A CPI da Pandemia aprovou...