Portaria amplia prazo para Guia de Trânsito Animal (GTA)

A norma passa a vigorar a partir de 1º de janeiro de 2020

deputado estadual Anibelli Neto (MDB), o diretor-presidente da Adapar – Otamir Cesar Martins e o gerente de Saúde Animal da Adapar – Rafael Gonçalves Dias (Foto: Assessoria)

Com informações da Assessoria Parlamentar

O presidente da Comissão de Agricultura da Alep – Assembleia Legislativa do Paraná, o deputado Anibelli Neto (MDB) comemorou a portaria baixada pela Adepar – Agência de Defesa Agropecuária do Paraná, que amplia de 60 para 180 dias a validade dos exames de anemia infecciosa equina, a contar a partir da data da colheita de amostra de sangue. A norma passa a vigorar a partir de 1º de janeiro de 2020.

Anibelli Neto, que também é médico veterinário, explica que os exames sorológicos compravam que a anemia infeciosa não existe mais ou está muito pequena na Região Sul, por isso foi tomada à medida que amplia o prazo de validade.

A partir de agora, informa o deputado, toda movimentação, ou seja, toda saída da propriedade é preciso um GTA – Guia de Trânsito Animal, o que considera um avanço para todo os envolvidos com cavalgada, tropeada, CTG. “Uma bandeira nossa desde o primeiro mandato quando formalizamos a Frente Parlamentar em Defesa das Cavalgadas, Tropeadas e CTGs”, afirmou o deputado.

Veja o vídeo, divulgado pelo deputado Aninelli Neto, acompanhado do diretor-presidente da Adapar – Otamir Cesar Martins e do gerente de Saúde Animal da Adapar – Rafael Gonçalves Dias

Leia Também